[Resenha] Os Mecanismos do Mundo - Rafael Pombo

abril 05, 2018



Os Mecanismos do Mundo ● Rafael Pombo ● 2017 ● Romance/Ficção ● 218 Paginas ●  Classificação: 5/5 ● Compre: Amazon

Samuel é um adolescente melancólico que está no último ano do ensino médio e não sabe bem o que quer da vida. Flávia é sua irmã mais velha, bem mais velha, que acaba de retornar ao Rio de Janeiro com seu filho após um divórcio. Benjamim é o filho talentoso, que adora desenhar e tem de se adaptar a uma nova cidade e uma nova escola. As jornadas pessoais dos três se entrecruzam enquanto lidam com suas questões pessoais. Samuel descobre que um grande amigo que sempre incentivou sua vocação musical está irremediavelmente doente. Flávia é acossada pelo ex-marido ao mesmo tempo que procura construir um novo relacionamento e tocar seu próprio negócio. Benjamim enfrenta o bullying na escola, aflige-se com dúvidas em relação ao pai e guarda um segredo sombrio de dois colegas de turma. Samuel tem uma teoria: a sociedade é como uma máquina alimentada pelos próprios padrões negativos daqueles que a compõem, e somente com um sonho ousado é possível quebrar esses padrões e reverter as engrenagens ainda que temporariamente. São os mecanismos do mundo. E um sonho ousado é o que Samuel procura.

Samuel ou para os íntimos, Samuca é um adolescente que está cursado o terceiro ano do ensino médio, e diferente de sua turma de amigos Samuel ainda não sabe o que fazer com o futuro. Ele gosta de música e todos sabem disso, mas dá para se viver de música? Seria esse o seu sonho ousado?

“Olhou-se pela última vez no espelho do banheiro e, em vez de desespero ou autocritica, seu coração foi inesperadamente ocupado por um sentimento mais inusitado: comiseração”.

Em meio a esse turbilhão de sentimentos que o garoto sofre, sua irmã resolve se divorciar e ir para o Rio com seu filho, Benjamim é sobrinho de Samuel, e o garoto consegue ter uma intimidade com Samuel que não quase ninguém consegue. Benjamim acaba sendo matriculado na mesma escola que Samuel, mas passa por muitos baixos, enfrenta bullying e sofre com isso. Sua especialidade são os desenhos, e ao fazer amizade com os gêmeos da mesma turma, ele nunca poderia imaginar que além de destinos traçados ele salvaria a vida dos amigos.

“Os mecanismos do mundo não eram, afinal, um sistema que simplesmente era, e sim um sistema mantido pela constante recusa das pessoas a se autoanalisar, a serem honestas com as outras e consigo mesmas, a mudar de ideia. O resultado era essa máquina, inflexível e incansável movida essencialmente pelo ego”.

Enquanto isso na trama, Samuel descobre que seu amigo Yuri sofre com uma doença que irá mata-lo aos poucos, mas sem saber o que fazer para ajudar o amigo, Samuel se dispõe a cantar e tocar com sua “amiga – amada” em uma apresentação na escola, uma composição própria para Yuri. E é à partir desse momento que a trama começa a ganhar sentido na vida de Samuel.

Dividida em onze capítulos e um epilogo, Rafael Pombo escreveu e desenvolveu a história com maestria, usando estratégias que não deixaram a leitura cansativa, fazendo a história fluir com graça, elegância e deixando o leitor com os sentimentos na flor da pele.

É um romance curto, mas recheado de ensinamentos que nos faz refletir bastante sobre OS NOSSOS SONHOS OUSADOS, eu recomendo demais a obra, e você pode garantir a sua clicando no link disponível ali em cima.

“(...) eu me dei conta de que a vida é muito curta. Eu tenho um pouco de pressa. Um tipo de pressa positiva, eu acho. Pressa de criar e produzir e ver o que as pessoas vão achar disso. Deixar minha marca no mundo”.

Você pode se interessar também

0 comentários

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe