Resenha: A Solidão de Um Lutador - Marta Vianna

novembro 23, 2017


Autora: Marta Vianna| Editora: Sonho de Livro| Gênero: Romance/ Superação| Páginas: 345| Ano: 2017| Compre: Editora Sonho de Livro

Demorou mais saiu!!!! Assista aqui a  resenha em vídeo, ou se preferir clique aqui e veja direto no YouTube.





Sinopse: Uma família destruída por um pai sem coração. Abandono, sofrimento e muitas adversidades completam a trajetória de vida de Bryan, um lutador famoso que venceu sua pior luta quando aprendeu a se defender ainda criança. Abandonado por sua mãe em um orfanato, apenas descobriu o que era o amor através das irmãs freiras e de seu amigo, Pablo. Uma forte amizade nasceu entre os dois tornando-os além de amigos, irmãos. Bryan encontrou em seu amigo o que nunca recebeu de seu pai, o afeto, o companheirismo a lealdade. Com o coração fechado para o amor ele conhecerá Angel, a pessoa que ele mais vai tentar se manter longe por medo de se apaixonar, mas será ela quem trará boas novas sobre sua mãe. Mediante a isso, Bryan conhecerá o amor e ele se verá confuso sem saber o que fazer com esse sentimento que ele mesmo desconhece. Será que depois disso ele abrirá seu coração para o amor e se deixará ser amado? Será que ele conseguirá superar o medo de ser abandonado novamente?


Resenha: O livro A Solidão de um Lutador conta a historia de Bryan. O Bryan é um menino, uma criança inocente, que imagina planos para o futuro, seu sonho é ser um lutador muito famoso quando crescer e comprar uma casa de presente para mãe. Esse sonho vem de muito tempo. Brígida é mãe de Bryan, ela se casou muito nova, engravidou muito cedo, e o pai do Bryan batia muito neles, e em uma dessas vezes, ele queria bater no Bryan e Brígida entrou na frente, ela apanhou muito, e perdeu o bebê que estava esperando, nesse momento, ela é levada ao hospital, Bryan fica sob os cuidados de uma vizinha e o pai dele vende a casa e os deixa sem nada. Resolveu então tentar ganhar a vida no Rio de Janeiro, mas seu coração por não arrumar um emprego e fazer Bryan passar fome. Sua única saída foi deixar Bryan em um orfanato, onde seria cuidado e bem alimentado enquanto ela continuaria sua busca por um emprego e quando conseguisse voltaria para busca-lo. No orfanato Bryan era uma criança tímida, muito inocente, os meninos mais velhos sempre queriam bater nele, até ele encontrar um amigo, Pablo. O Pablo defendia Bryan de todo mundo. Assim, eles prometeram que se Brígida voltasse para buscar Bryan ela teria que levar Pablo, e se Pablo fosse adotado teriam que levar Bryan. Mas muita coisa aconteceu na vida do Bryan e uma delas foi que ainda no orfanato, ele foi abusado pelo zelador, e foi Pablo que o ajudou a se livrar disso, e prender o cara. Hoje Bryan adulto, ele faz de tudo pelo Pablo, ele o tem em sua vida como um irmão de verdade. Eles se superaram e cresceram na vida juntos. O sonho de Bryan se tornou realidade, desde os sete anos ele começou a praticar lutas e quando completou os dezoito já era um lutador muito famoso, o rei do octogamo. Pablo se tornou seu assessor e é uma figura ímpar, maravilhoso. Mas depois de todo esse tempo Bryan se tornou uma pessoa fria, com o coração literalmente de gelo. Negava-se a paixão por medo de ser abandonado novamente. Até um belo dia. Em uma de suas ultimas lutas nós conhecemos a Angel, que é uma personagem belíssima, assim como Bryan, ela também tem uma historia de vida bem difícil e super parecida com a dele. Ela fazia faculdade de Enfermagem e tinha o sonho de trabalhar em uma clinica de psiquiatria. Com as contas atrasadas ela vê uma grande oportunidade de ganhar o dinheiro trabalhando com ring girl, e sua primeira apresentação é em uma luta do Bryan. De cara ele se sente atraído por ela e ela por ele. Mas a girl também já sofreu muito na vida, e não da mole pra ele não. Ambos querem ficar juntos, mas ao mesmo tempo se negão acreditando não estar apaixonados. Angel vê em Pablo um melhor amigo, e com isso se aproxima muito da família, e descobre a historia de Bryan. No meio de toda essa trama e após muiiiiiiiitas coisas acontecerem, Bryan e Angel finalmente ficam juntos, Angel se forma e vai trabalhar na tão sonhada clinica. E tudo acontece no mesmo momento na vida do casal. Angel descobre estar grávida – de gêmeos e encontra a mãe de Bryan. Brigida não voltou para buscar Bryan, mas ela não o abandonou. Assim que saiu do orfanato, ela arrumou um emprego, como diarista na casa de uma senhora, e elas estavam voltando ao orfanato para buscar o menino, quando Brigida foi atropelada, e ficou em coma por sete anos. Assim, perdendo sua memória e não conseguindo ir atrás do filho. Angel é taxada de louca quando entra em choque e conta tudo para Bryan que quase surta por não ter pensado nessa hipótese e procurado a mãe muito antes. Por outro lado, Pablo vive feliz em contente pois agora além de uma mãe, ele tem um namorado. Isso, namorado. Uma coisa que não mencionei é que Pablo é gay. A trama se desenvolve muito bem, muita coisa ainda vai acontecer, e é claro que eu não vou contar para vocês, o final é surpreendente, se você gostou de saber um pouco do que aconteceu você vai amar o final, tudo se encaixa, faz sentido. A historia de Bryan é nos contada desde o momento de sua concepção e pasmem, eu fiquei de boca aberta com tudo isso viu. Eu nunca tinha lido nada da autora, eu a conheci através da Editora Sonho de Livro, a qual ou parceira e eu me apaixonei pela escrita dela, é uma escrita muito boa, envolvente, é uma historia que não gira somente na historia de Bryan, ela nos mostra o crescimento de todos os personagens, e você pode ter certeza que cada capitulo novo é uma surpresa diferente, um babado novo. Eu recomendo muito que vocês leiam. Esse é apenas o primeiro livro da serie Lutadores ainda tem muita historia pra contar. 

Você pode se interessar também

0 comentários

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe