Resenha: RYUKYU

novembro 21, 2017


Autora: Setúbal| Editora: Penalux| Gênero: Romance| Páginas: 150| Ano: 2017


Sinopse: Neste seu primeiro romance, a escritora Luciana Iser Setúbal (- SETÚBAL -), nos apresenta uma história de vingança, desvelada através de ponto de vistas diferentes. Um enredo com mistérios e personagens cativantes, fazendo desta desforra familiar uma leitura empolgante, pela qual a autora, tendo pleno controle de sua narrativa, nos conduz de forma magistral.

Resenha: O livro Ryukyu de Setúbal conta a historia de uma família que logo de cara percebemos que a desunião está presente. A mãe não “gosta” da filha, o filho que não tem um bom convívio com a mãe, a mãe que não se da bem com a sogra. Nesse enredo somos apresentados a Sabelle – a mãe, Ico – o filho, Álix – a filha, Yolanda – a sogra, Lepo – o marido falecido de Sabelle, filho de Dona Yolanda e pai de Álix e Ico. Lepo, pai amado e exemplar, era advogado e falecera em um acidente. Após esse incidente, somos apresentados a um outro personagem, Aran filho de Lepo com Lena – sua primeira namorada. Aran é a cara e corpo de Lepo, o que faz Dona Yolanda que sempre o julgou de longe, se derreter e Sabelle desejar todo Aran, porém Álix também o deseja, crescendo então uma “guerra” entre elas.
Logo no começo da história, já conseguimos definir o personagem que deseja vingança, vingança essa que nos faz mover e ficar de boca aberta com seu desfecho. Os personagens tem um gênero fortíssimo e conseguimos acompanhar todo o enredo pelo ponto de vistas diferentes de cada um dos personagens. O fato marcante do livro, é que quando a história começa a ser contada e imaginada o próprio leitor começa a tentar desvendar o que vai acontecer, mas a autora é tão magnífica que sempre escolhia algo melhor do que imaginávamos.
O nome do livro tem seu significado e é de grande peso sobre ele mesmo, descobri isso apenas lendo o livro. Poderia ter pesquisado o significado do nome que tanto me atraiu mas, pensando melhor, se um nome tão diferente tivesse significado ele estaria no livro. E sim, foi lá onde encontrei o que significa Ryukyu. Ao final das contas, essa família não passava de Ryukyu.
O livro é sensacional, a autora consegue desenvolver uma historia sem rodeios e que prende o leitor do inicio ao fim, tentando desvendar os mistérios. Ainda fico admirada com a imaginação dos escritores, é algo que me surpreende todos os dias.
Ryukyu é um ótimo livro, a leitura é rápida e fluida. Seu lançamento foi no mês de outubro e ele já é um grande sucesso. Parabéns a Editora Penalux, por publicar um livro tão maravilhoso.

Você pode se interessar também

0 comentários

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe