Projeto Beda: Coisas boas e ruins da blogosfera

agosto 07, 2017

Oi minha gentee!!!!

Mais um dia de projeto Beda – não sabe o que isso? Veja aqui: Projeto Beda - , e hoje eu vou esclarecer o que muita gente me pergunta, sério. Diariamente escuto perguntas do tipo: “você gosta de ser blogueira?”, “Blogueira não leva a lugar nenhum, sabia?”, “Porque você fica fazendo isso?”, ou seja, Coisas boas e ruins da blogosfera ou de ser blogueira.

Você pode se interessar por:



Coisas boas:

Novos amigos/leitores.

Com o tempo em que criei o blog, conheci muitas pessoas novas, pessoas que me ajudaram a crescer, e também leitores de diversos lugares em que eu nunca imaginei que alcançaria. O contato que adquiri com os leitores eu considero muito como amizade, pois estar sempre buscando algo diferente, para atraí-los, não decepciona-los e estar presente dividindo as emoções dos livros, não é algo que seja feito entre apenas “pessoas”.

Conhecimento

A primeira coisa que fazemos quando criamos um blog, é buscar conteúdo diferente. E para buscar sempre conteúdo diferente, estar inovando nas resenhas, nas publicações, precisamos estudar, muito. Não é apenas sentar na frente do computador e digitar qualquer coisa. Por exemplo, antes de escrever essa publicação, eu fiquei quinze dias, observando tudo, o que era bom, o que era ruim, o que eu gostava e o que não gostava. Esse parágrafo foi alterado pelo menos dez vezes antes de permanecer no modo que vocês estão lendo agora.

Parceria

Isso vem com o tempo, e com muita dedicação. Não se deve criar um blog pensando nas parcerias. Mas quando elas te procuram, você se sente a melhor pessoa do mundo, afinal se te procuraram é porque viram em você um potencial.

Prazer

Para mim, a leitura sempre foi um dos melhores prazeres da vida. Então aproveito do blog para ler tudo que posso em trinta dias para trazer para vocês. Eu me cobro mais, leio mais, e me sinto bem mais feliz e realizada.

Coisas Ruins

Inimigos Ocultos

Se tem uma coisa que me deixa pé da vida é isso. Eu aceito e levo em consideração todas as criticas – elas são de extrema importância para todos os blogueiros, desde que sejam construtivas e não ofensivas. Agora, o fulano de tal tem tempo de sobra pra criar um perfil falso no insta e comenta baixarias, comenta em anônimo no blog tudo de ruim. Te deixa no chão e ainda usa palavreado de baixo calão.

Amizade interesseira

A pessoa te conhece, mas nunca foi próximo de você, começa a puxar assunto e de repente solta um “você não pode me dar um livro” ou então “você não pode me levar em tal evento de graça com você” – primeiro que não é de graça, todo esforço é recompensado.

Blogueiros sem conteúdo

É o que mais encontramos. É o tal blogueiro que cria um blog na esperança de já ganhar muito dinheiro, ter muitas parcerias, ai sabe o que ele faz – Ctrl C + Ctrl V. É muito triste quando você sai para conhecer outros blogs do seu gênero e se depara com sua resenha la, igualzinha a sua (não tem nem a obrigação de mudar algumas palavras), faço questão de comentar em baixo. Acho muito injusto.

Erros de português

Me mata quando entro em um blog, bem popular por sinal e os erros de português são gritantes, não são pequenos erros que ate levamos em consideração. Tem blogueiros que precisam estudar muito português e literatura para se expressar de forma correta.


Como vocês viram, nem tudo é um mar de rosas não é? É preciso muito trabalho para manter um blog sem plágios, sem usar suas fotos, seus textos sem permissão ou sem os créditos. Portanto vamos colocar a mão na consciência. 

Você pode se interessar por: 


Vocês estão gostando do projeto Beda? Me contem aqui nos comentários



Você pode se interessar também

8 comentários

  1. Adorei sua postagem e mostrou varias coisas que realmente acontece na blogosfera!!!!

    ResponderExcluir
  2. Realmente são coisas gritantes no mundo da blogosfera, e muito menos prezam nosso conteúdo ou nosso cantinho, adorei, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post!!! E concordo em tudo com vc! Adoro as vantagens que ganhei por estar no mundo da internet, mas as vezes as desvantagens desanimam a gente né?
    ateoriadaslaranjas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei as questões que você mencionou! Eu sinto que as vezes temos em volta mais pontos negativos do que positivos... É triste isso.
    Porém da prazer encontrar coisas que nos inspiram, blogs que nos fazem suspirar e amigos novos pra partilhar coisas do bem. Faz bem!
    Seu blog já está nos meus favoritos.
    Beijo, Thaís, Coração de leitora

    ResponderExcluir
  5. Essa coisa de plágio e de erros crassos de português realmente me aborrecem muito. Foi bom mencioná-los.

    ResponderExcluir
  6. Sempre há o lado bom e o lado ruim de tudo. Cabe a nós decidirmos se iremos em frente ou retrocederemos devido ao peso. Quem quer começar algo precisa levar em consideração tudo, botar na balança e ver o que é melhor.
    ps: Erros de português também me incomodam. Ao ponto de eu não conseguir dar muita (ou nenhuma) credibilidade ao conteúdo.

    Também estou no #BEDA do united

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca copiei mas já vi muitas pessoas fazerem isso, e nem levam em consideração que podem responder criminalmente. Chato né.
    Mas fazer o que a gente ama é tão compensador ♥

    ResponderExcluir
  8. Oi Leticia, adorei seu post!
    Ter um blog nos traz tanta coisa boa, como amizades na blogosfera, conteúdos legais e a diversão que é escrever e descobrir conteúdos novos. Mas se engana quem pensa que não dá trabalho, porque dá sim, e muito.
    Nunca aconteceu comigo de ter conteúdo plagiado, deve ser bem chato.
    Beijoos

    ResponderExcluir

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe