Resenha : Harry Potter e a criança amaldiçoada - J.K. Rowling

julho 21, 2017


Autores: J.K. Rowling, John Tiffany e Jack Thorne| Editora: Rocco| Páginas: 352| Ano: 2016



Sinopse: Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.

Resenha: Dezenove anos se passaram desde que Harry derrotou Voldemort na Batalha de Hogwarts. Hoje, casado com Gina, pai de três filhos – Alvo Severo, Tiago e Lilian e diretor de execução das leis da Magia, esta sempre ocupado por conta de seu trabalho e não tem muito tempo para a família, quem mais sofre com sua ausência é Alvo. Eis que chega o momento de Alvo estudar em Hogwarts, e por ser seu primeiro ano, as coisas não saíram tão bem por lá. Acreditem, o chapéu seletor o mandou para Sonserina, isso fez com que ele se sentisse um traidor a sua família. Alvo, não se parece nada com Harry isso fez com que se tornasse um poço de diversas piadas, com isso foi se isolando e guardando consigo um rancor doloroso. Alvo odeia ser filho de Harry, e odeia mais ainda carregar o peso do que o sobrenome representa, ele sempre considerou seu pai uma fraude, incrédulo por tantas pessoas terem morrido para que ele sobrevivesse – “o menino que sobreviveu”. O que acontece é que Alvo com a ajuda de Escórpio (seu melhor amigo e filho de Draco Malfoy) decidiram mudar o passado, assim eles retornaram ao tempo para salvar a vida de Cedrico, porém cada vez que tentavam, Alvo fazia algo que mudava todo o futuro, a ponto de Escórpio voltar para um mundo dominado por Voldemort, onde Harry estava morto e Alvo não havia nascido.
Que Alvo me tirou do serio isso não é novidade.E por mais que ele sinta que não se parece com o pai, eu senti que a teimosia e o egocentrismo deles são parecidos, E sim, nesse livro temos uma grande novidade, para alguns leitores não foi grande coisa, outros não gostaram mas eu achei espetacular, Vocês não imaginam o quanto eu queria contar, mas não vou deixar spoilers. Achei muito legal o livro ser em forma de roteiro, eu achei incrível. A abordagem dos autores nesse livro, é sobre a difícil relação entre pais e filhos. Eu daria a nota mil para esse livro. E vocês precisam saber o que acontece com os meninos. Leiam e me contem aqui o que achou!!!



Você pode se interessar também

0 comentários

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe