O guia do mochileiro das galáxias

abril 27, 2017



Título: O guia do mochileiro das galáxias
Autor: Douglas Adams
Editora: Arqueiro
Páginas: 208
Ano: 2004
Gênero: Ficção/Humor











Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.


Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford Prefect, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.
 
A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. 

Ford Prefect está preso na Terra há 15 anos e não vê mais esperança de sua sorte mudar. Ele é amigo de Arthur Dent, inglês comum, que gosta de chá. Arthur está vivendo uma situação terrível: sua casa será demolida pelo governo para construir uma via de acesso no lugar! Em uma quinta-feira azarada, encontramos Arthur deitado na lama, em frente a tratores amarelos tentando proteger sua casa. Ford o tira de lá, alegando que tem uma coisa muito séria para falar com ele.

Enquanto isso, naves amarelas sobrevoam várias cidades do mundo, são os Vogons, que estão em nosso planeta para destruí-lo, já que o Governo Galáctico precisa construir uma via de acesso na Via Láctea e a Terra está no meio.

Ford Prefect, por ter o sensormático subeta sempre dentro de sua mochila, embrulhado em sua sempre presente toalha, sabia dessas condições e agora está com Arthur no bar, contando ao amigo suas origens, que na verdade é um mochileiro das galáxias em pesquisa para atualizar o Guia do Mochileiro das Galáxias, acrescentando que a Terra será destruída em poucos minutos e não há chance de se fazer nada, portanto eles tem que fugir e tentar pegar carona com os Vogons!


E, em poucas folhas, BUM, a Terra foi destruída e só o que sabemos no próximo capítulo é que Ford e Dent conseguiram se salvar pegando uma carona clandestina com os Vogons, através dos Dentessis, cozinheiros destes e que gostam de fazer coisas como esta para deixá-los irritados. 

Funciona, e os dois mochileiros são capturados. Após algumas torturas ouvindo a poesia Vogon, os dois são jogados no espaço para morrer em 30 segundos. Aos 29 segundos, são salvos por uma nave muito estranha. 

Lá encontram o primo de Ford, Zaphod Beeblerox que é o Presidente da Galáxia e acabou de roubar a nave em que se encontram, a Coração de Ouro. Com essa nave, Zaphod procura o lendário planeta Magrathea, que foi esquecido há milhões de anos, tanto que muitos nem acreditam mais que ele existiu.

Você pode se interessar também

0 comentários

Siga me os bons!

Me Segue aqui também

@resenhasecafe